Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2016

Os ícones de Deus

Imagem
Amigos,
sois o ícone de Deus,
o Seu manifesto,
a Sua imagem,
a Sua visão.

A função do ícone
é deixar vislumbrar
Aquele que é intangível,
provocar o desejo
de O conhecer,
transfigurar o real
e colocar-lhe no meio
a surpreendente luz
do totalmente Outro.

Amigos,
sois o ícone de Deus,
vós o desenhais
com a carne e o sangue,
com o suor
e as hesitações,
com as palavras e os gestos,
com as recusas e as revoltas,
com o amor e os beijos,
com o carinho.

Sem fingimentos nem mentiras,
sois o ícone de Deus.
Não vos apresseis!
Precisa-se uma vida inteira
para o pintar,
tão minucioso é o cuidado
que requer.

Para o conseguir,
é preciso contemplar
muitas vezes o Modelo,
até que na vossa face
transpareça o Seu Rosto.
(Ch. Singer)

No prelo

Imagem
Acabo de entregar as provas finais do terceiro e último livro de homilias referentes ao Ano A. O atraso foi muito devido ao incêndio e aos trabalhos que me tem dado de acompanhamento das obras. Mas o importante é que, agora, é só corrigir as gralhas e colocar na máquina. O título será: "Recebestes de graça, dai de graça", com o prefácio do meu Mestre da Ordem, que teve a amabilidade de mo fazer, com os lucros a reverter para a nova casa da Ajuda de Berço. Ainda não há data de apresentação porque depende agora da impressão do livro mas ficará a cargo do meu confrade e amigo fr. José Manuel Fernandes. Assim se acaba uma trilogia de homilias e uma pausa na edição. (Apesar de esta fotografia não estar relacionada com o texto decidi colocá-la porque estava guardada para um post que gostaria de ter escrito sobre a festa do acolhimento das crianças do primeiro ano de catequese nos Maristas. Todos no coração de Jesus!).

O futuro da religião

Imagem
Fui, na sexta-feira passada, a um jantar-debate, sobre o futuro da religião. Fui como convidado para que, junto ao Professor Miguel Real, pensássemos e debatêssemos sobre esta preocupação. Como foi pedido a ele e a mim que fizéssemos uma pequena apresentação para depois abrir o debate, e como eu a levei escrita, partilho-a agora neste post: O nos traz hoje aqui é a reflexão sobre o tema do futuro da religião. Mesmo sem ser uma questão, quando falamos em futuro ele torna-se uma questão. E este futuro pode ser visto e analisado de vários pontos de vista, consoante o interesse que a questão possa levantar. Há muita literatura séria e ficcionada sobre o futuro das religiões, também ela analisada de uma determinado perspectiva (por exemplo, esta questão na Europa coloca-se por causa do “medo da islamização”). Não sou visionário nem quero ser futurista no sentido de supor como será o mundo daqui a cinquenta ou a cem anos. Como crente a minha reflexão iria mais no sentido de me perguntar sobre o…

Preparação de adultos para os sacramentos da iniciação cristã

Imagem

De Assis para o mundo

Imagem
Hoje o meu coração "instala-se" em Assis, onde estive em Novembro do ano passado. Mas propriamente fora do centro da vila, naquele pequeno convento onde se diz que São Francisco escreveu o hino das criaturas. Assis tornou-se o altar da paz. Sim, São Francisco, que tanto pediu a Deus que fizesse dele um instrumento da sua paz, conseguiu contagiar a Igreja com este sentimento universal e necessário para a harmonia do mundo. A paz, dom que vem de Deus, que cada ser humano deve pedir a Deus e promover à sua volta.
Aquela pequena Assis continua hoje a ser lugar de encontro, de fraternidade, de promoção da paz e do bem. Também eu, hoje, me sento ao lado de Francisco de Assis, naquele ermo, e contemplo o Criador através das criaturas: o irmão sol e a irmã brisa, a irmã água e a mãe terra... hoje toda a criação se compromete em ser sinal de paz e harmonia para que os nossos corações se unam ao bater da Natureza e ao coração de Deus.