Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2017

A grande vitória da Igreja Católica

Imagem
A princípio não li mas depois voltei a trás e tive que ler. O artigo opinião de Fernanda Câncio, no DN de domingo passado. O título que deu ao artigo foi: A grande derrota da Igreja Católica. Aliás, creio que a religião que ela pratica é a anti-católica. Não me vou demorar na explicação do artigo porque não vale mesmo a pena ler. Para verem o estilo, ela faz o elogio das filhas, mães e avós que, apesar das proibições e penalizações, decidiram abortar:"Pensem na coragem dessas mulheres - as nossas avós, as nossas mães, as nossas filhas. E pensem que perante essa coragem, esse desespero, essa determinação, houve décadas de decisores políticos, médicos e clérigos a dizer que não era assunto, que não tinha importância, que estava bem assim". Parece-me surreal. Segundo o seu pensar, a minha avó (e muitas outras avós, mães e filhas) foi tudo gente infeliz, desavergonhada, inculta e fraca porque que tiveram muitos filhos e, apesar do número, o aborto foi sempre uma não-opção. Glór…

Os desafetos

Imagem
Comecei ontem a escrever sobre este assunto mas as horas não chegaram para o acabar. Sai com um dia de atraso.
Celebra hoje o nosso mundo o dia dos namorados, evocando São Valentim. Mas uma vez um investimento comercial, que dá para ver como o lucro às vezes se apoia na religião para comercializar. Mas é bom que hoje se celebre o dia dos que amam.
O amor é extremamente estruturante na construção da personalidade humana. Trazemos em nós a necessidade de afectos e demonstramo-los com os valores bonitos e nobres da amizade e do amor puros, sem medidas nem contrapartidas. A gratuitidade do amor. Se a felicidade passa pelo amor, devemos então amar e ser amados. A psicologia fez-nos ver isso com uma grande lucidez: os filhos não se amam só a partir do momento em que nascem mas o desejo de os ter já deve estar carregado de amor. Sentir-se amado é condição para um dia poder vir a amar. Ora, este "fogo que arde sem ver", segundo Camões, "é um não querer mais que bem querer"…

Candelária

Imagem
Nossa Senhora da Luz e do Sim,
Maria, cheia de amor e de paz,
Protege a vela da minha vida e da minha fé.
Que os ventos não a tentem apagar,
e que eu tenha sempre cera para arder.
Sê a redoma da minha luz
e o castiçal onde ela possa iluminar.

Nossa Senhora da Luz e do Sim,
Ilumina o meu caminho
para que as trevas se desfaçam
e não me impeçam de avançar.

Nossa Senhora da Luz e do Sim,
protege-me com o teu olhar.
Amen.

Uma entrevista

Imagem
No domingo à noite uma monja dominicana (contemplativa mas de muita acção) que vive em Espanha, deu uma entrevista na televisão espanhola que escandalizou meia Espanha com todos os contágios provocados pelo menos na Europa. Um dos temas e o mais polémico foi o da sexualidade. Defendeu a sua sexualidade - virgem por opção, que nunca se masturba, mas plenamente mulher - mas quando lhe perguntaram pela virgindade de Nossa Senhora ela não teve a mesma coerência nem naturalidade, ao dizer tranquilamente que o jovem casal (Maria e José) se amavam muito, que eram um casal normal e, por isso, também era normal que tivessem tido relações. Ora, uma afirmação destas, assim, sem mais, choca. Dentro da Igreja a indignação e a condenação da irmã por blasfémia, porque pôs em causa um dogma da Igreja; fora da Igreja os que se aproveitaram para dizer que o que a irmã disse é o mais lógico e que querem abafar uma realidade, e que a religião católica é castradora... etc etc. O bispo da diocese do moste…