Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2015

Servir Cristo nos pobres

Imagem
Venho de assinar o "Contrato de comodato" entre a João 13 e a Paróquia da Pena. Na verdade são dois: um para a Paróquia, que nos cede uma das salas da cave para podermos arrumar os donativos que nos forem chegando, e outro para a Capela da Carreira, onde a João 13 irá promover as orações "com os que sofrem e pelos que sofrem". A vontade de ajudar e de servir está muito presente na agilidade de todo o processo. Pode-se servir a Cristo nos pobres de muitas maneiras: desde o contacto directo até abrir as portas de uma casa para acolher pessoas ou coisas que lhes possam servir. Tenho para mim que o acolhimento é a primeira forma de servir.

A riqueza de uma Ordem

Imagem
A riqueza da Igreja ou de uma Ordem religiosa não está no património ou nas contas bancárias. Tudo isso é pouco, comparado com a outra grande e verdadeira riqueza que é a vida dos irmãos. Vidas várias e variadas, com apostolados e sensibilidades diferentes, cada dominicano é chamado a colocar o que é, o que tem e o que sabe, ao serviço do Evangelho e do Reino. Hoje nós, dominicanos, celebramos a festa de São João Macias, ilustre pela sua vida dedicada aos imãos frades e aos outros irmãos, que batiam às portas do convento. Ao contrário de muitos outros, este nosso irmão pregador nunca escreveu uma obra teológica nem nunca pregou. Foi um irmão cooperador, humilde por virtude e não por condição. O Papa Paulo VI canonizou-o, como o seu predecessor, João XXIII tinha canonizado São Martinho de Lima. Na homilia da canonização, o Papa Paulo VI não esconde a alegria e não esconde os elogios: foi pobre e viveu para os pobres, tendo sido a pobreza o testemunho admirável e eloquente da pobreza e…

Bênção Dominicana

Imagem
O meu predecessor na Comissão Litúrgica da Ordem, dizia várias vezes, e eu vou repetindo, que o Ritual Dominicano não se resume à celebração da Missa. Infelizmente, quem pede a restauração do Rito Dominicano, não sabe o que está por detrás da nossa "abdicação" e dos "direitos" que essa abdicação nos deu. Pensam que é uma questão de latim e de abrir e fechar as mãos... mas isto daria pano para mangas, por muito compridos que os braços possam ser.
Uma das riquezas do Ritual Dominicano é a sua bênção, que se usava na Missa dos Pregadores e na Missa pelos itinerantes. Igualmente, antes do irmão sair do convento para pregar, pedia ao Prior a bênção, que é muito antiga e muito própria que aqui deixo, como partilha e marco da nossa nossa espiritualidade:
"Que Deus Pai te abençoe
que Deus Filho te cure,
que o Espírito Santo te ilumine e te dê
olhos para ver,
mãos para realizar o trabalho de Deus
pés para caminhar,
uma boca para pregar a Palavra da salvação,
o Anjo da paz para…

Uma bonita oração

Imagem
Entre as muitas coisas que me ocupam, uma delas foi "desocupar" uma sala esquecida que se estava a tornar num depósito de coisas obsoletas. Entre as coisas que lá estavam - que me fez lembrar aquela passagem do Evangelho em que se diz que o pai de família tira da arca coisas novas e velhas, encontrei um guião de um encontro da Família Dominicana, de 1993. e nesse guião uma oração a São Domingos que gostei e hoje partilho convosco:


Deus de ternura e compaixão
que suscitastes em São Domingos
o pregador do Vosso Evangelho de misericórdia,
Evangelho da plenitude da justiça,
e o levastes a constituir uma família
que em obras e palavras
testemunhasse a gratuidade do Vosso amor,
ajudai-nos a encontrar o silêncio
donde saia a palavra
que alumie de esperança a nossa noite
e o gesto que nos traga uma paz ardente.
Fazei do Espírito de Jesus Cristo
a graça da nossa vida. Amen.







Rezar com os pobres e pelos pobres - é hoje

Imagem

Vocações dominicanas

Imagem
Vim a Sevilha nestes dias para trazer os postulantes que amanhã começam o noviciado e levar os noviços que hoje o terminam. trouxe comigomum aspirante que, Deus mediante, será noviço em 2016. Conclusão: as actuais vocações da Província de Portugal (Portugal e Angola) estão todas em Sevilha! O Promotor do Rosário pediu-me umas pequenas palavras para publicar brevemente na Revista do Rosário. Escrevi estas linhas que partilho, pedindo que se unam à oração por estes e pelos que possam vir.
Diz-se que São Domingos, aos que queriam entrar na Ordem, pedia somente duas coisas: comunidade e obediência. Que significam estes dois pedidos? Que quem quer pertencer à Ordem dos Pregadores terá de ter o gosto pela vida comum (a mesma vida dos Apóstolos, sendo um só coração é uma só carne) e a obediência, antes de mais a Deus e à sua Palavra, para poderem exercer o ministério da pregação. Quando oitocentos anos depois a Ordem dos Pregadores continua a pedir a quem nos bate à porta as mesmas exigências…