Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2010

O novo arco-íris (homilia)

Imagem
Esta manhã, quando saí de casa para fazer umas compras para a Comunidade, ao descer as escadas, vi um céu escuro e o arco-íris a sustentá-lo. Um arco-íris forte e completo. Quando vejo um arco-íris lembro-me sempre do episódio onde ele aparece pela primeira vez na Bíblia – depois do dilúvio – e o significado que Deus lhe dá: um sinal de aliança entre Deus e os humanos. Curiosamente este é o mesmo significado para as três religiões monoteístas (judeus, cristãos e muçulmanos).
Pode parecer fora de contexto esta minha alusão ao arco-íris desta manhã, mas creio que não é de todo descabida. Porque as leituras que escutámos nesta nossa celebração falam dos mesmos temas presentes na simbologia do arco-íris: revelação, aliança, fidelidade…
Este tempo de Natal é um tempo de luz. Uma luz que brilhou no meio da noite, uma luz que é contemplada pelos pastores e adorada pelos Magos. Uma luz que se revela no nosso mundo e na nossa história. Por isso este tempo é também um tempo de revelação. Com Jesu…

Balanço anual

Imagem
Entre o fim-do-ano e o ano-novo, empresas e lojas fazem o seu balanço. A Igreja também o fez nas suas instâncias próprias. O Papa, no passado dia 20, fez o balanço institucional: o pesadelo, que não foi pesadelo, foi mesmo realidade, do abuso de menores por parte de padres católicos, o bom êxito do Sínodo dos Bispos para o Médio Oriente, as viagens e a beatificação do cardeal Newman, foram os temas principais do discurso do Papa. Dias mais tarde, foi a vez do Porta-Voz do Vaticano fazer também ele o balanço da actividade do Papa, dizendo que foi o melhor ano do pontificado: as «intervenções exemplares» do Papa em relação à pedofilia com a atitude de "prontidão em ouvir, compreender, participar no sofrimento", as cinco viagens internacionais, uma das quais a Portugal, uma exortação apostólica (Verbum Domini) e o best-seller da entrevista concedida ao jornalista Peter Seewald (Luz do mundo) foi o que mais se destacou em 2010.
Também a Agencia Fides fez o seu balanço. Este organ…

A morte dos inocentes

Imagem
Que Herodes não era flor que se cheirasse sabia-o toda a Judeia. Não vamos aqui desconsiderá-lo até porque ficou o com cognome de "o Grande". Mas era cruel. E, de certa maneira, um rei imposto pelo Império Romano, o que não agradava nada ao povo judeu. O seu grande problema, com o qual convivia diariamente, era o da legitimidade: não era da descendência de David. Por isso sentia o sabor amargo de não ser reconhecido pelo povo. E, às tantas, isto tornou-se uma obsessão; para que o seu reinado não fosse questionado nem sequer retirado do posto, mandou queimar alguns arquivos genealógicos onde estavam as linhagens mais nobres dos judeus.
por isso o medo era mútuo: de um lado o povo tinha medo de Herodes porque estava em nome do Império Romano e, por outro, Herodes tinha medo do povo e por isso mandou construir uma fortaleza, em Massá, para fugir caso aparecesse alguém da descendência de David, a linhagem real.
O reconhecimento de grandeza vinha-lhe das grandes construções que fez…
Imagem
Aproxima-se a hora do silêncio e da contemplação. A noite brilha como o dia, a alegria é espiritual, para não acordar o Menino. Também vou depressa ao presépio. Que nada me prenda, nem família nem amigos, nem presentes nem canções. Quero ir ao presépio. Não quero deixar de ver e adorar Aquele que aquece o meu coração e dá sentido à minha vida. A si que passou por aqui desejo-lhe um Santo Natal e desafio-o a ir comigo à gruta. Venha ou vá lá. Encontraremos outros como nós a contemplar a grandeza do Amor de Deus.

Recenseamento

Imagem
Por aqueles dias, saiu um édito da parte de César Augusto para ser recenseada toda a terra. Este recenseamento foi o primeiro que se fez, sendo Quirino governador da Síria. Todos iam recensear-se, cada qual à sua própria cidade. Também José, deixando a cidade de Nazaré, na Galileia, subiu até à Judeia, à cidade de David, chamada Belém, por ser da casa e linhagem de David, a fim de se recensear com Maria, sua esposa, que se encontrava grávida.” Lucas 2, 1-5 É o único quadro que conheço sobre este episódio do recenseamento de Belém, narrado no princípio do capítulo dois do Evangelho de Lucas, que aparece como introdução ao nascimento de Jesus. Além disso, já o vi na minha ida a Bruxelas. Bruegel tem esta arte de, a partir de um acontecimento, relatar também o seu contexto. Bruegel não é directo. Ao olhar para este quadro a nossas atenções vão para um grupo de gente que está perto da casa dos recenseamentos: pagam o imposto e fazem o recenseamento. Mas não é aí que estão José e Maria. Es…

A caminho dos 800

Imagem
O dia 22 de Dezembro de 2016 será um dia muito importante para os Dominicanos: os que forem vivos celebrarão, creio que com muita alegria, os 800 anos da aprovação da Ordem dos Pregadores, por Onório III em 1216. Este ano, a caminho destes oitocentos anos, celebramos o 794º aniversário. O que significa esta data? Significa, antes de mais, uma oficialização, querida por São Domingos, para levar o Evangelho da graça aos sítios onde ele ou não era conhecido ou estava deturpado. Pela salvação das almas, pelos pecadores, rezava e chorava muitas vezes São Domingos. Mas é também, como em qualquer instituição, dia de reflexão sobre o sentido da nossa existência. Uma Ordem que nunca teve uma reforma, nunca se dividiu, sempre em expansão, mesmo que poucos, uma Ordem que quis estar no meio da Igreja (in medio Ecclesia), como se diz de São Domingos. No meio da Igreja, não como protagonista, não como exaltação; no meio da Igreja como escolha, para a servir, no meio das preocupações dos que a forma…

São Domingos de Silos

Imagem
Hoje a Igreja não celebrou São Domingos de Silos. Digo não celebrou porque nesta novena do Natal não se devem celebrar a memória dos santos... só por isso. E se eu falo hoje dele aqui é pela relação que existiu entre este São Domingos e o 'meu' São Domingos. Para não ser confuso entre o de Silos e o de Caleruega. Este ano estive de novo neste dois lugares. Estas duas terras distam de 19 km entre si. No entanto, Silos é muito conhecida pelo seu mosteiro beneditino e pela música gregoriana que há uns anos se gravou em cd.
Mas que relação há entre estes dois Santos? Directamente nenhuma. São Domingos de Silos morreu em 1073 e São Domingos de Gusmão, fundador dos Dominicanos, nasceu em 117o... Mas há um episódio da vida de São Domingos, ou melhor, da sua mãe, que faz não só a ligação entre estes dois homens como pode o segundo chamar-se Domingos por causa do primeiro.
Sem mais delongas conto a história: Joana de Aza, mãe de São Domingos, o dos Dominicanos, antes de engravidar, teve …

O terceiro anúncio

Imagem
Ao sexto mês, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma Virgem desposada com um homem chamado José, da descendência de David. O nome da Virgem era Maria. Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo: «Ave, cheia de graça, o Senhor está contigo». Ela ficou perturbada com estas palavras e pensava que saudação seria aquela. Disse-lhe o Anjo: «Não temas, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo. O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David; reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim». Maria disse ao Anjo: «Como será isto, se eu não conheço homem?» O Anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o Santo que vai nascer será chamado Filho de Deus. E a tua parenta Isabel concebeu também um filho na sua velhice e este é o sexto mês daquela…
Imagem
Nos dias de Herodes, rei da Judeia, vivia um sacerdote chamado Zacarias, da classe de Abias, cuja esposa era descendente de Aarão e se chamava Isabel. Eram ambos justos aos olhos de Deus e cumpriam irrepreensivelmente todos os mandamentos e leis do Senhor. Não tinham filhos, porque Isabel era estéril e os dois eram de idade avançada. Quando Zacarias exercia as funções sacerdotais diante de Deus, no turno da sua classe, coube-lhe em sorte, segundo o costume sacerdotal, entrar no Santuário do Senhor para oferecer o incenso. Toda a assembleia do povo, durante a oblação do incenso, estava cá fora em oração. Apareceu-lhe então o Anjo do Senhor, de pé, à direita do altar do incenso. Ao vê-lo, Zacarias ficou perturbado e encheu-se de temor. Mas o Anjo disse lhe: «Não temas, Zacarias, porque a tua súplica foi atendida. Isabel, tua esposa, dar-te-á um filho, ao qual porás o nome de João. Será para ti motivo de grande alegria e muitos hão-de alegrar-se com o seu nascimento, porque será grande a…
Imagem
O nascimento de Jesus deu-se do seguinte modo: Maria, sua Mãe, noiva de José, antes de terem vivido em comum, encontrara-se grávida por virtude do Espírito Santo. Mas José, seu esposo, que era justo e não queria difamá-la, resolveu repudiá-la em segredo. Tinha ele assim pensado, quando lhe apareceu num sonho o Anjo do Senhor, que lhe disse: «José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que nela se gerou é fruto do Espírito Santo. Ela dará à luz um Filho e tu pôr-Lhe-ás o nome de Jesus, porque Ele salvará o povo dos seus pecados». Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor anunciara por meio do Profeta, que diz: «A Virgem conceberá e dará à luz um Filho, que será chamado ‘Emanuel’, que quer dizer ‘Deus connosco’». Quando despertou do sono, José fez como o Anjo do Senhor lhe ordenara e recebeu sua esposa. Mt 1, 18-25
São Mateus e São Lucas têm versões diferentes sobre os acontecimentos do nascimento de Jesus. Por exemplo, as genealogias e as anunciações: em Lu…

A segunda etapa

Imagem
Começou hoje a segunda etapa do Advento: de 17 a 24 de Dezembro a começamos na contagem decrescente para a celebração do acontecimento histórico de há dois mil e dois anos (digo 2010 não por rigor histórico mas por conveniência prática).
Tudo muda nas celebrações das Missas e dos ofícios: antífonas próprias - a partir de hoje cantam-se as "Antífonas do Ó", e até os Evangelhos narram de uma forma mais 'histórica' os dias antes do nascimento de Jesus. Hoje escutou-se a genealogia de Jesus, na versão de São Mateus. É logo o princípio do Evangelho, Mateus terá achado importante fazer uma genealogia de Jesus para o ligar a pessoas importantes como David, Jessé e Abraão. Era importante para Mateus afirmar a ascendência davídica de Jesus e explicar o seu nascimento em Belém - afinal David foi o grande Rei de Israel, nascido também ele em Belém - e era importante inscrever Jesus na linhagem de Abraão, nosso pai na fé e colocado na génese do judaísmo. Afinal tudo tem o seu por…

Dos homens e dos deuses

Imagem
O poema de José Régio "cântico negro" termina assim: "Não sei por onde vou / sei que não vou por aí". Foi a minha conclusão depois de ver, ontem, o filme "dos deuses e dos homens". Concluí assim porque há situações, na nossa vida, naquela comunidade, que são difíceis, que não se vêm claras. No entanto, também temos a claridade para ver que, apesar de não vermos caminhos, há caminhos que não queremos percorrer. Em tempos de perseguição, no meio de uma guerra civil, coloca-se a pergunta difícil, ficar ou sair. Tudo pesa na decisão: fugir para quê, se Deus nos quer aqui, para quê ficar, se Deus não quer que procuremos o martírio... pontos de vista diferentes, medos, certezas, indecisões... e o filme, cheio de ternura e compaixão, mostra-nos uma comunidade que ali está, no meio de muçulmanos, a quem faz o bem seja a curar seja a escrever por quem não sabe. Um trabalho discreto mas próximo. E com o seu ritmo bem marcado pelo sino que vai dizendo que os monges …

Natal moderno

Imagem
De repente, toda a gente começa a receber um mail com um vídeo de como poderia ter sido o nascimento de Jesus nos dias de hoje. Eu, nos últimos dias, mais de um por dia. De tal modo que aqui deixo o vídeo que, apesar de tudo, como se lê no fim "os tempos mudam mas o sentimento continua o mesmo". Já agora, aqui fica também o presépio que ontem, no final da Missa, os alunos do 2º ciclo do Externato Marista de Lisboa ofereceram ao convento, com o compromisso de o aumentar no próximo ano. E, com estas coisas e outras que vamos vivendo, vamo-nos acercando daquela pequena gruta, que se tornou o lugar mais importante de Belém.