Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2018

Esse homem és tu!

Imagem
Na Missa diária temos vindo a ler na primeira leitura passagens do Antigo Testamento, em especial nesta semana o ciclo de David. Ontem escutámos a paixão assolapada do rei David por uma mulher casada, Betsabé. Queria envolver-se com ela, mas sendo casada havia um pequeno empecilho, o marido Urias. Mas há gente que acha que os meios justificam os fins. Lá conseguiu deitar-se com Betsabé, que engravidou, o marido veio a saber e David, para o despachar, como Urias era soldado, coclocou-o na frente da batalha, com a indicação de que não o socorressem se ele fosse ferido porque ele queria que Urias morresse. Alguns poderão pensar: como é que a Bíblia relata uma coisa destas? Pois é, é a história humana. Nós, humanos, somos às vezes como o rei David: fazemos tudo o que está ao nosso alcance para chegarmos aos nossos objectivos, nobres ou nem por isso. Mas a história não acaba aqui e hoje escutámos a segunda parte: Deus manda o profeta Natã ir ter com David para lhe pedir contas da asneira …

Os presentes decifrados

Imagem
Chegámos à segunda festa mais importante do Natal: a Epifania do Senhor. O episódio relatado na Missa deste Domingo é o da saga dos Magos do Oriente que seguem uma estrela, que se perdem e que se voltam a encontrar com ela e que os leva à casa onde estava o Menino. A realidade terá sido bem mais simples que o nosso imaginário mas não deixam de ser enigmáticos os três tipos de presentes que oferecem ao Menino: Ouro, Incenso e Mirra. A tradição cristã interpretou desde cedo o que eles significavam a nível teológico: o ouro, que Jesus era Rei; o incenso, que Jesus era Deus; a mirra, que Jesus era Homem. Tive a oportunidade de, antes do Natal, ir ouvir a Oratória de Natal de Bach. A última é a da Epifania. E, uma área, interpretou igualmente os três presentes: o ouro que simboliza a fé, o incenso que significa a oração, e a mirra que significa a paciência. Mas a mesma ária pedia a Jesus que ele também nos desse esses mesmos presentes; a fé, a oração e a paciência, para sermos mais ricos …