Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2015

Estar perto de Deus

Imagem
Ontem, a caminho de Lisboa, parei em Fátima e comprei um livro que saiu recentemente: a biografia de D. Óscar Romero, Arcebispo de San Salvador, assassinado em 1980 enquanto celebrava Missa. Apesar da lentidão do processo de beatificação, o Papa Francisco desbloqueou-o e, finalmente, vai ser beatificado no próximo dia 23 de Maio. Foi morto por ódio à fé, como foi dito.
A identificação de um pastor com o seu povo é a mais bela expressão de amor. Este bispo foi morto por denunciar injustiças, por estar do lado dos pobres e das vítimas, por estar no meio do povo que lhe foi confiado. A hierarquia eclesiástica não o apoiou muito. Quando lemos o seu Diário vemos que, muitas vezes está sozinho nas ideias e nas denúncias. Há dias tive uma reunião com a Comunidade de Sant' Egidio em Portugal. No final da reunião deram-me uma pagela com a fotografia de D. Óscar e, por trás uma frase dele, que aqui deixo: "Há um critério para saber se Deus está perto de nós ou se está longe: todo aquel…

Giestas em flor

Imagem
Fui a Lamego celebrar Santa Catarina de Sena com as Monjas Dominicanas. "Estão mais airosas" é o comentário que todos fazem. De regresso passei pelos montes de Feirão, como faço sempre que vejo a indicação de saída para os meus lados. E vi as giestas em flor. As maias ainda estão atrasadas e os tojos no seu vigor; mas as giestas estão agora a abrir-se à alegria da Primavera. Deu para matar saudades e suspirar pelas férias, que breve chegarão.

À imagem do Bom Pastor

Imagem
Saídos dos relatos da Páscoa, neste quarto domingo pascal, lembramos Jesus, o Bom Pastor. E lembrar esta imagem de Cristo, das mais belas e das mais antigas, é lembrar uma vez mais toda a sua vida: amor até ao extremo, até ao fim. Jesus é o Bom Pastor porque deu a vida pelas suas ovelhas, por nós. E esta entrega enche o nosso coração de alegria. Jesus é Bom Pastor porque é forte e defende-nos do mal, é Bom Pastor porque nos conhece e chama pelo nosso nome, é Bom Pastor porque quer cuidar de nós e dos que ainda não fazem parte do seu rebanho.
Bela imagem, esta, e que desafio para nós, cristãos, que somos todos ovelhas e, ao mesmo tempo, devemos ser bons pastores, à imagem de Cristo, o nosso Bom Pastor. Cuidar dos que nos foram confiados, defendê-los da maldade e procurar outros é um programa quotidiano de vida. Bom domingo!

Utilidade no céu

Imagem
"Ser-vos-ei mais útil no céu" foi a frase de despedida de São Domingos. É uma frase que gosto muito de lembrar quando a minha vida cruza com pessoas boas e santas. Como a de uma amiga minha que acaba de partir. E parte em paz porque vai encontrar-se com aquele que o seu coração amou.
Mulher de fé e de oração, que tanto me foi útil na terra, não tenho dúvidas que me será ainda mais útil no céu. Que agora descanse em paz no coração de Deus.

Ida à Batalha

Imagem
No sábado passado, convidado pelo Dr. Pedro Redol, fui à Batalha, antigo convento dominicano, para a inauguração da exposição "Lugares de Oração", e também para o lançamento do Livro "Os últimos anos - a Vida quotidiana no Convento da Batalha", da Professora Luísa Bernardino. Cada vez que entro num convento que pertenceu à Ordem sinto-me em casa. Os lugares são familiares, tudo nos diz alguma coisa, pensar sobretudo que os monumentos que visitamos, foram em tempos, lugares do oração, de vida religiosa, pequenos oásis em cidades e vilas onde, entre o bulício dos comércios e afazeres, os sinos dos mosteiros e dos conventos faziam lembrar que alguém, lá dentro, estaria a rezar a Deus. A simplicidade destes dois eventos não lhe tira qualidade. Pelo contrário. O catálogo da exposição, que se encontra online, mostra o cuidado em querer fazer valorizar já não tanto as pedras mas sim a vida conventual que se vivia na Batalha. E o livro é o resultado disso. Muito baseado n…

A alegria do testemunho

Imagem
Ainda iluminados e animados com a notícia da Ressurreição, o relato evangélico deste domingo conta-nos a última aparição de Jesus Ressuscitado no dia de Páscoa. Jesus aparece ao grupo, dissipando o medo dos Dez, a tristeza dos de Emaús e as lágrimas da Madalena. Sim, as lágrimas, a tristeza e o medo impedem-nos, muitas vezes, de ver Jesus. É a conversão da tristeza em alegria e da certeza dos frutos da Ressurreição nas nossas vidas que há-de fazer com que nós, os discípulos de Jesus possamos ser testemunhas da Ressurreição. Bom domingo.

Deus não muda

Imagem
A precisar de ouvir o Nada te turbe (hoje de manhã, quando saí a fazer compras foi a música que saiu no leitor), procurei na net a música para ir fazendo eco em mim e encontrei esta versão alternativa à conhecida de Taizé. Uma nova composição, virtual, em que cada carmelita canta a partir do seu mosteiro e com um maestro a conduzi-las. Vale a pena ver e ouvir. Prestamos homenagem a Santa Teresa de Ávila, nos seus 500 anos, e interiorizamos a bela mensagem de que quem a Deus tem nada lhe falta.


A fé é cega

Imagem
Muitas vezes a fé é representada como uma mulher com os olhos vendados e com uma cruz numa mão e na outra um cálice. A Carta aos Hebreus dá a seguinte definição de fé: "A fé é garantia das coisas que se esperam e certeza aquelas que não se vêem". Neste domingo, no Evangelho da Missa, iremos escutar o episódio de Tomé, que tem uma atitude de incredulidade diante da notícia da Ressurreição de Jesus mas, quando o vê ressuscitado, passa a acreditar. Jesus remata o encontro dizendo que é feliz quem acredita sem ter visto. Os postulados da fé não assentam no que se vê mas sim no que sabemos ser assim mesmo sem termos experimentado. E a prática da fé vai no mesmo caminho: o amor, a alegria, a esperança, a paz, são sentimentos que demonstramos porque sabemos que Cristo está vivo, no meio da comunidade unida e reunida, na escuta da Palavra e na comum união (comunhão) do seu Corpo e Sangue. Ninguém nos pode roubar a alegria incontida de sentirmos Cristo vivo em nós. Que sinais de Res…

Ainda Nápoles

Num jornal espanhol encontrei "10 frases com que que Francisco comoveu Nápoles". Aqui as deixo por serem directas, justas e verdadeiras: 1. Corrupção: "A corrupção cheira mal! A sociedade corrupta cheira mal! Um cristãos que se deixa corromper não é um cristão, cheira mal!" 2. Roubo: "Quem caminha voluntariamente pelo caminho do mal rouba um pedaço de esperança: ganha alguma coisa mas rouba esperança, rouba-a a si mesmo, aos outros e à sociedade." 3. Desemprego: "Existe um sistema económico que descarta as pessoas e agora é a vez de que os descartados sejam os jovens, ou seja, ficam sem trabalho. Isto é grave!... Mas o problema não é comer, o problema mais grave é a possibilidade de trazer pão para casa e ganhá-lo!" 4. Emigrantes: "Os emigrantes são seres humanos de segunda classe? Temos que fazer sentir aos nossos irmãos e irmãs emigrantes que são cidadãos,muque são como nós, filhos de Deus, que são migrantes, como nós, porque todos nós s…

Entrevista à Agencia Ecclesia sobre o Tríduo Pascal

Imagem

Grande é o amor de Deus por cada um de nós

Imagem
"Não há maior prova de amor do que dar a vida pelos seus amigos"
(João 15, 13)


Aproxima-se a Páscoa, Senhor, em que a Cruz se ergue sobre o mundo, uma cruz forte porque dela mana amor, e ao mesmo tempo frágil porque espelha tantos crucificados que vivem sem apoios, afectos, compreensões, ajudas... Aproxima-se a Páscoa, Senhor, os dias de saborear o que disseste e repetes a cada um que se aproxima da tua Cruz: esta é a minha prova de amor, dar a vida por ti, morrer para que tu vivas. Aproxima-se a Páscoa, Senhor, e tu esperas de mim uma resposta. Que resposta te poderei eu dar, Senhor, senão a de te dizer, olhando a tua cruz, e correndo o risco de ser como Pedro - inconsciente e temeroso - que também eu quero dar a vida por ti? Sim, quero da-la a ti e por ti aos que mais precisam da minha vida. Aproxima-se a Páscoa, Senhor, a tua Páscoa. Que ela seja também minha e viverei de amar.