Presépio incompleto




Falta alguém no presépio.
Conto as figuras, da pequena ovelha ao Menino Jesus
Sete, oito, nove, até onze
E incluo a estrela com a sua luz.

Falta alguém no presépio.
O Menino nasceu, foi visitado e adorado,
Trouxeram prendas e calor,
E grandes arcas de amor.

Falta alguém no presépio.
No luar da noite fico a pensar no Menino que nasceu,
Faz frio lá fora, a neve vem mansa.
Entretanto lembrei-me: quem falta sou eu.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

Oração para o início de um retiro

A vida de São Macário