A água

A água acompanhou sempre a Cristo. Ele também foi baptizado na água; convidado às bodas, é com a água que ele inaugurou a primeira prova do seu poder de fazer milagres; enquanto pregava, convidava os sedentos a beber a sua água da eternidade; quando falava da caridade, assinalava como obra de amor em tão-somente dar um copo de água a um dos seus semelhantes; descansou um pouco junto a um poço; caminhou sobre as águas; gostava de passar de uma à outra margem do lago; serve água aos seus discípulos.
Até na paixão se podem encontrar testemunhos favoráveis ao baptismo; quando é condenado à crucifixão, aparece também a água, desta vez para lavar as mãos de Pilatos; quando é trespassado, do seu lado sai sangue e água, quando a lança o atravessa. Tertuliano, o baptismo

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro