Tentações

O primeiro domingo da Quaresma leva-nos sempre ao Evangelho das tentações. Para dizer que também Jesus foi tentado, mas que também soube vencer a tentação.
Com as tentações não se brinca porque podem ser mais fortes do que nós.
Aquela subtileza de nos querer levar por caminhos que não quereríamos ir, aquela propensão para fazermos uma coisa que sabemos que não a devemos fazer, aquela intenção errada e vã que temos consciência de que não nos torna felizes.
Com as tentações só se pode lutar para vencer. Com a nossa vontade firme e com a força de Deus.
Não nos deixeis cair na tentação, dizemos nós no pai-nosso. O Deus que nos criou conhece a nossa tendência para ouvirmos e seguirmos outras vozes e intenções tentadoras. Onde nos refugiaremos? Na sua Palavra. Bom domingo.

Mensagens populares deste blogue

Oração para o início de um retiro

A fecundidade do casal

fr. José Maria Ribeiro, op (1939-2018)