Sevilha, mais uma vez


Estou de partida para Sevilha. Mais uma vez. Sevilha não me cansa. É sempre com prazer e alegria que regresso à cidade das maravilhas onde vivi um ano, no meu noviciado.
Vou a acompanhar o P. Provincial, que tem lá uma reunião de provinciais. Pela minha parte, aproveitarei para revisitar os sítios que mais gosto. No dia de todos os Santos, estaremos na celebração da tomada de hábito dos quatro noviços das províncias de Espanha.
Parto num dia importante para o convento e, emocionalmente, para mim: o sétimo aniversário da dedicação da igreja do Convento. Emocionante pelo que se construiu como beleza arquitetónica e pelo que se constrói pela beleza da comunidade que aqui se tem vindo a formar e também pelo número redondo: sete anos. Na bíblia, o número sete é o número da perfeição. É dia de dar graças a Deus por esta sua casa onde a Igreja se reúne para partilhar a sua fé, escutar a sua palavra e celebrar os seus sacramentos. Se puder escrevo desde Sevilha. Orate pro me.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro