Ancora una volta a Roma

Mais uma vez em Roma. E, pela primeira vez, que me lembra, Roma cinzenta. Muito vento - dizem que é um ciclone - com promessa de chuva para os próximos dias. E também pela primeira vez, comigo, a TAP cumpriu horários! Não há nada melhor que as coisas acontecerem na hora certa: check-in, entrada de passageiros, descolar, voo, aterragm, recolha de bagagem... tudo no seu timing. Hoje, no voo, até tivemos brinde... ou fava, conforme a perspectiva: o ex-ministro das finanças também lá ia, em executiva, claro, que a crise só chega ao bolso de alguns. Houve até quem avisase o da cadeira do lado: cuidado com a carteira que o ex-ministro vem aqui...
Mas Roma é Roma. Tenho sempre resistências nos dias antes das viagens mas depois, quando chego, sinto-me bem. Uns dias de reunião, questões litúrgicas, e regresso a Portugal, para a vida que me espera.
Hoje, também pela primeira vez, não fui directo ao Vaticano. Costumo ir logo quando chego mas hoje deambulei só por aqui perto, fui até ao Campo di Fiori. À hora que fui já não as havia. Vou tentar ir no sábado, também pela primeira vez!
(fotografia: uma loja no Campo di Fiori com «il vero formaggio parmigiano!» à entrada)

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro