Árvore morta





Árvore morta: cidadela
derruída.

Verde ausente: outra cor
não tão garrida.

E contudo morrer
é só trocar de vida.


(A. M. Pires Cabral)
(imagem: Paul Cézanne, Castanheiros no Inverno, 1885)

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro