O desejo de Deus: a nossa felicidade

Este é o último domingo do Advento. Hoje escutamos no Evangelho o episódio da anunciação do Anjo a Maria. Já o escutámos duas vezes ao longo do tempo do Advento, mas hoje, acolhemos esta Palavra de Deus como um feliz anúncio para a humanidade, naquele tempo e no nosso tempo.
O Anjo dirige-se a Maria com a típica saudação comum no tempo de Maria: Salve, Ave, Kaire, em grego, todas com o mesmo significado: Alegra-te, Maria, porque Deus te escolheu a ti, cheia de graça. Este anúncio, cheio de alegria e de esperança, assim são sempre as mensagens de Deus, devem ecoar hoje no nosso coração: alegra-te, porque eu venho a ti, à tua vida, para te dar a alegria e a esperança.
Deus vem à nossa vida para a encher da sua presença e dar-nos a felicidade que precisamos, que significa, vivermos cheios do amor de Deus. Maria percebeu que a felicidade da humanidade passava pelo seu sim. Deu-o, sem reservas nem prazos. É este sim que cada um de nós deve dar, sempre que Deus no-lo pedir.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

Oração para o início de um retiro

A vida de São Macário