Dias longos mas luminosos

Dia especialmente pesado, o de hoje. Logo manhã cedo, depois das Laudes, enviar os mails que, se não seguissem cedo, já ficariam para amanhã. Começo a bater o meu record de mails, nunca menos de trinta ou quarenta, com pedidos, perguntas, informações... E ter de responder a tudo. Como diz um amigo meu, antigamente é que era bom: enquanto a carta era escrita e chegava, a resposta se fazia e se enviava, sempre se descansava. E depois dos mails, a meia-manhã, reunião com o Presidente e com o Assessor da Junta de Freguesia de Santo António. Têm preocupações e consciência social, o que me agrada. O Presidente da Junta passa os dias nas ruas, com as pessoas, encontrei-o num café quando estava a subir a rua.O motivo era avançar um pouco mais depois do nosso primeiro encontro: a elaboração de um protocolo, um espaço que possamos ter para deixarmos as nossas coisas e quais os limites, que são poucos, dada a abertura do Presidente. Une-nos a questão social. O que é óptimo. O factor cristão também está lá. Nós, João13, trocamos a política pelo Evangelho.
Já da parte da tarde tive que passar no hospital, meio em vão, porque o pedido que me fizeram, foi afinal desfeito. Regresso a casa e ponho os fundadores ao corrente da reunião e dos próximos dias, alguns telefonemas não menos importantes... Quis Deus que tudo isto se passasse em Maio, seja Deus servido, conhecido e amado.
Depois do jantar celebração mariana nos Maristas. Terço, como costuma ser, mas este ano, com o grupo dos alunos do secundário que, na próxima semana, irá a pé a Fátima. Estiveram no terço e depois vieram ao convento continuar e terminar a sua vigília, e eu com eles. Em cada conta do terço acende-se uma vela, que no fim termina num desenho. O deste ano foi um coração, que também é o símbolo dos maristas.
Tudo terminado, tempo de descansar que o dia de amanhã não é menos brando. Boa noite.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

Oração para o início de um retiro

A vida de São Macário