O sal é coisa boa

Esta frase escutamo-la hoje no Evangelho. Jesus usa várias vezes esta imagem do sal. Eu lembro-me de duas: uma em que diz que nós somos o sal da terra e a outra é esta de hoje.
Ser sal. Lembro-me que quando fui ordenado diácono duas religiosas ofereceram-me duas prendas singulares: uma foi um avental (o diácono é aquele que está ao serviço) e a outra ofereceu-me um frasco de sal com a etiqueta a dizer: Tu és o sal da terra!
Ser sal significa ser equilibrado: nem salgado nem insosso (nem sonso!). Na Bíblia o sal tem uma função purificadora e também de força.
Ser sal é dar sabor à vida, sentir-se temperado por Deus e temperar o mundo com o sal de Deus.
Ser sal é não perder a força da vida e da esperança. Ser perdemos a força de Deus tudo está perdido, insosso, sem força e sem sabor. Tal como sal sem sabor não serve para nada, só para deitar fora.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro