O beato Ceslau da Polónia

Na Igreja nem todos os santos se celebram. Não nos chegariam os dias para que os festejarmos, mesmo juntando uns quantos. Não é que haja santos de primeira ou de segunda mas, quando temos muitos, valorizam-se os que tiveram maior visibilidade. Hoje nós, dominicanos, celebramos a festa do beato Ceslau da Polónia. Não é obrigatório que se celebre - de fato em Portugal não o celebramos - mas é um dos primeiros frades ou, pelo menos, é da primeira geração dos dominicanos.
No meu trabalho de tradução de adaptação da vida dos santos e beatos da Ordem, acabo de traduzir a sua pequena nota biográfica e a oração a ele dedicada. É uma feliz coincidência. Por isso aqui a transcrevo:
Ceslau nasceu na Polónia por volta do ano de 1180. Foi um dos primeiros frades da Ordem de São Domingos. Acompanhava, juntamente com Jacinto da Polónia, o bispo de Cracóvia, numa viagem a Roma quando, atraídos pela vida e costumes de São Domingos, ambos vestiram o hábito da nossa Ordem. Ceslau era já presbítero da Colegiata de Santa Maria em Sandomierz quando entrou na Ordem. Notável pelas suas virtudes apostólicas, zeloso pela missão de pregar o Evangelho e percorrendo a pé toda a Silésia, ajudou a difundir a Ordem e contribuiu para a fundação da Província da Polónia, da qual foi provincial. Morreu a 15 de Julho de 1242. O Papa Clemente XI confirmou o seu culto no dia 27 de Agosto de 1712.
Oração
Ó Deus, que concedestes ao Beato Ceslau, presbítero, o zelo pela salvação das almas, e o ardor do anúncio do Evangelho, concedei-nos a graça de seguirmos os seus passos para que a nossa pregação e a nossa vida sirva para a dilatação da fé. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro