Jesus foi confundido

Nos relatos da Ressurreição, Jesus foi confundido pela Madalena por um jardineiro. Muito certamente porque no primeiro dia da semana, naquele tempo também primeiro dia de trabalho, todos recomeçavam os seus trabalhos. Na zona do túmulo de Jesus haveria um ou mais jardineiros que cuidavam dos espaços verdes. Mas mesmo biblicamente esta imagem de jardim e jardineiro está muito presente: não é Deus o jardineiro que cria o Éden, jardim do paraíso, onde Adão e Eva passeavam e falavam a Deus como com um amigo? A amada do cântico dos cânticos não andava nos jardins à procura do seu amado ?
Ora, a frescura do jardim, a manhã das flores que se abrem ao sol e se erguem para o alto, lembra, e bem, o Ressuscitado, que numa manhã florida, brotou da terra e floriu para nunca mais murchar.
Mas serviu este preâmbulo para aqui partilhar algumas fotografias que tirei a flores do Convento. As grandiosas estrelícias, também e curiosamente chamadas "aves do paraíso", e umas orquídeas que me ofereceram no Ramalhão. Já floriram e estão bem, graças a Deus.
 
 
 
 
 

Com as imagens faço ainda esta oração: Senhor Jesus, Jardineiro da minha vida, cuida de mim com a tua ternura e atenção; corta as minhas folhas secas e rega-me com o teu amor. Que eu não estenda a mão para a árvore da morte mas para ti, que és a minha vida. Assim crescerei e serei um hino de louvor à tua glória. Ámen.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro