Uns magos... iluminados





A festa da Epifania que hoje celebramos, encerra, por assim dizer, todo o mistério do Natal. Aliás, o caminho dos Magos é também o nosso: foram os primeiros a saber da notícia do grande Rei, não por sonhos ou visões mas porque estavam atentos ao céu, e são os últimos a chegar, de longe, com as peripécias narradas e as que possamos imaginar, para adorar o Senhor. Estes simpáticos homens, que a tradição diz serem três, são a esperança de que a alegria do Evangelho pode chegar aos confins da terra. Alegria essa que nós, cristãos, somos chamados a espalhar, a mostrar, como a estrela. E também nós somos convidados a oferecer ao Menino os nossos presentes: o ouro das nossas acções, o incenso das nossas orações e a mirra da nossa solidariedade. E seremos iluminados. Bom domingo.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro