Unidos à cruz






Hoje a minha cruz é preta. Preta de luto, preta de tristeza, preta de solidariedade para com o padre que foi hoje degolado. Não por ser padre mas por ser cristão. O alvo é só um: a cruz de Cristo e quantos a seguirem. Como disse o bispo daquela diocese: oração e amor. Quanto a nós... unidos à cruz.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro