A Sagrada Família


Ele é conhecido como o Arquitecto de Deus e a sua grande obra a Bíblia de pedra. Falo, é claro, de Antóni Gaudí e da sua Sagrada Família. É hoje dedicada pelo Papa. Esta deve ser das viagens mais interessantes para um Papa tão interessado pela cultura e pela arte.
O que era para ser uma reprodução da igreja do Loreto tornou-se uma igreja - a partir de hoje basílica e catedral - emblemática não só para a Espanha mas para toda a Europa. Uma obra que já percorreu três séculos. Que à primeira vista parece uma daquelas construções de areia que fazíamos na praia, com os píncaros das torres que quase tocam o céu. Fachadas cheias de fé, e de doutrina, colunas que parecem árvores de pedra com os seus animais esculpidos e as imagens, apesar da dureza da pedra, mostram-nos a doçura e os sentimentos dos passos da vida de Jesus. Mas, para mim, o mais bonito da Sagrada Família está no interior. Se por fora temos esculpido o Evangelho e os temas da fé, dentro temos esculpido o livro do Apocalipse, que Gaudí expressou com a imagem do bosque "O interior da igreja será como um bosque". No interior, pela natureza representada, pelos humanos que aí expressam a sua fé e pela liturgia, temos o tema fundamental do último livro da Bíblia: o louvor de toda a criação redimida ao seu Criador. Na homilia de dedicação o Papa fala de Gaudí como homem, crente e arquitecto; fala dos três livros nos quais se inspirou: o livro da Natureza, o livro da Sagrada Escritura e o livro da Liturgia. Fala da beleza como a grande necessidade do homem e como reveladora de Deus. Fala de Cristo, a pedra que suporta o peso do mundo.
Embora se diga que Gaudí era demasiado piedoso, uma coisa é certa: soube exprimir pela arte, de um modo único e excepcional, o dom de Deus e a fé dos humanos. E que, apesar da polémica, as obras continuem, porque esta igreja pode realizar em muitos o milagre de os aproximar de Deus. E sem pressas porque, como dizia Gaudí: "A construção da Sagrada Família é lenta porque o Dono desta obra não tem pressa".

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro