Meu Deus, meu Deus, porque me abandonaste?

Quarta palavra de Jesus na cruz. Desta vez uma oração, o salmo 21, que Marcos só cita mas que talvez Jesus terá rezado pelo menos uma parte dele. Por um lado, algumas pessoas dizem que Jesus, na cruz, sentiu o abandono de Deus; mas não terá sido isso, terá sido a oração de confiança dirigida Aquele em quem Jesus entrega a sua vida. Mas sim, na boca de muita gente esta palavra de Cristo, é mesmo uma palavra de abandono em Deus. Uma cama de hospital, uma doença incurável e progressiva, um desespero, torturas, mortes injustas...
Quem reza sente a presença de Deus. Mesmo se há abandono de saúde ou de pessoas. E Deus responde ao grito: Eu não te abandono,meu filho. Ainda que uma mãe se esqueça do filho que traz no seu seio eu nunca te abandonarei.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro