Cada ano é mais um ano

Em cada ano, a Quaresma aparece-nos como um convite, da parte de Deus, a equilibramos a nossa vida e as nossa relações com Ele e com o próximo. Muito provavelmente todos fazemos a experiência de que a Qauresma pode ser mais ou menos boa (frutuosa) mas acaba por não mudar muito a nossa vida. Mas Deus não desiste de nós. Contra a impaciência (dificuldade) de perceber as mudanças, o Vinhateiro (Jesus) dá-nos sempre mais um ano. E, em cada ano, renova o pedido de concessão. Porque não desiste de nós, porque nos conhece e ama, porque tem compaixão. E nós? Como aproveitamos este prazo que nos é dado para nos deixarmos tratar por Cristo e começar a dar fruto? Bom domingo!

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro