O mar e o espelho

Tenho como espelho o mar
onde me vejo e revejo
por fora se navego
e por dentro se mergulhar.

Vejo-me nas suas marés
altas e vagas
encapeladas
mas também nas baixas
onde a praia se estende
e vem o remanso
que me traz o descanso.

Tenho como espelho mar
entrei por ele adentro
e não sei onde vou parar.

(imagem: ŒLEWIÑSKI, W³adis³aw, mar agitado em Belle-Ile, 1904)

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro