Viver em unidade e harmonia

É difícil perceber o mistério de Deus. A Santo Agostinho disse-lhe um anjo que brincava na praia, que era mais fácil ele colocar toda a água do mar num buraco de areia do que Santo Agostinho perceber o mistério de Deus. Deus é acessível. Podemos não compreender os mistérios da Trindade - um só Deus em três pessoas - mas podemos perceber que Deus não é inacessível. Jesus veio mostrar-nos isso. Mais do que dizer que Deus está próximo de nós, fez-se um de nós (Emanuel, Deus connosco). E não nos abandonou à nossa sorte. Prometeu estar connosco todos os dias até ao fim dos tempos: Ele está no meio de nós. Celebrar o nosso Deus é fazer a experiência de o sentir na nossa vida, no dia-a-dia. Um Deus que se revela nas coisas simples e nós, às vezes, distraídos, nem nos damos conta. Olhar para o mistério da Santíssima Trindade é perceber e desejar que a unidade e a harmonia de Deus são o princípio da nossa felicidade e salvação. Bom domingo!

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro