Oração e vida

No domingo passado o Papa Francisco dizia que, a propósito da fé, “a oração é a respiração da fé e da vida”. No Evangelho deste domingo Jesus irá explicar através de uma parábola que é necessário orar sempre, sem desanimar.
Por vezes a nossa oração resume-se à repetição, com mais ou menos distracção, de orações. E, para muitos de nós, ela ainda não faz parte da nossa vida, quer em quantidade quer em qualidade. Fazer da oração encontro com Deus, querido e desejado, acolhimento da sua Palavra para melhor cumprirmos a sua vontade, é perceber que Deus, que nos ama e está atento à nossa vida, enche-a com a sua presença e com os seus dons. Mas a questão continua: como tornar a oração a respiração da fé, da alma e da minha vida?

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro