Matar a sede em Cristo, água viva

Começamos a viver a partir deste domingo a dimensão baptismal de que se reveste a Quaresma. De facto, este tempo apareceu na Igreja para preparar os catecúmenos para o baptismo na noite de Páscoa. Os já cristãos acabaram por se juntar a esta preparação transformando este tempo num tempo penitencial. Por isso, neste domingo aparece-nos na liturgia o primeiro tema baptismal: a água. O Evangelho é o da Samaritana, com toda simbologia que este encontro tem: Jesus que tem sede mas a Samaritana tem sede de Deus, Jesus que começa por lhe pedir água e acaba por oferecer à Samaritana uma água viva que é ele próprio... Neste episódio cada ouvinte é chamado a sentir-se junto ao poço de Jacob, com Jesus, e pedir-lhe para ser saciado na fonte de água viva que dele brota. Bom domingo!

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro