Para além da morte

No segundo domingo da Quaresma, o Evangelho narra-nos sempre o episódio da Transfiguração de Cristo. Muitos significados podem ter esta teofania (manifestação de Deus) mas, na Quaresma, quer dar-nos o alento de que a Quaresma só faz sentido se a vivermos à luz da Páscoa. É para lá caminhamos em cada ano e é para lá que caminha a nossa vida. Jesus, antes de sofrer diz aos seus discípulos que vai ser preciso passar pelo desprezo, sofrimento e até pela morte mas que, aquilo a que eles presenciaram - Jesus transfigurado - é o que verão depois da morte: um corpo ressuscitado, luminoso, glorioso, vive para sempre.
Lembrarmos na Quaresma a Transfiguração de Cristo é também para que nós, cristãos, percebamos que não estamos destinados à morte. E que ainda que a doença nos desfigure ou até a morte nos assuste, sabemos que para além da morte está o Ressuscitado para nos dar a vida eterna. Bom domingo!

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro