Compasso de espera



Não vale a pena chorar por Cristo.
Choremos antes por nós.
Choremos porque os nossos pecados são ainda muitos,
choremos porque o mal continua a ser mais forte que o bem.
Choremos porque somos do grupo dos fracos,
que o Evangelho narra.
Choremos porque somos como Pedro,
que na hora da verdade prefere a mentira.
Choremos como João,
que se vê sem o seu Senhor.
Choremos como Maria,
que, apesar de ver também aqui a vontade de Deus,
vê também o corpo macerado do filho que gerou no seu ventre.
Deixemos que as lágrimas caiam,
sem medo de as mostrar.
Choremos lágrimas de esperança,
a mão de Cristo virá resgar-nos.
Choremos lágrimas de amor,
porque o túmulo fechado é continuação do amor de Deus por nós.
Choremos por nós que esperamos a luz forte da Ressurreição.
Choremos por nós enquanto Cristo, no sepulcro,
vai resgatar a humanidade cativa nos infernos.
Choremos lágrimas de consolação,
porque o dia da Passagem chega apressado.
Nesse dia,
as lágrimas converter-se-ão em alegria,
o luto em cor,
o vazio em plenitude.
Enquanto esperamos a aurora da feliz notícia rezemos:
"Senhor, ilumina meus olhos na luz do teu dia, e que um canto de paz me desperte da morte".


Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro