Pausa

Um dia de mais ou menos descanso. Acordei mais tarde que o costume, mas não muito mais. Já lá vai o tempo de acordar tarde….
Com um dia calmo, de muito silêncio e até solidão. Cada vez mais gosto do silêncio e de momentos sem ninguém. Cada vez gosto mais mas cada vez são menos. Por isso, aproveitar ao máximo. Infelizmente não posso estar desconetado. Mas corto nas chamadas e nos mails. Faça-se uma pausa.
Algum trabalho manual, uma caminhada de duas horas na praia, ao fim da tarde, oração, claro está, e um jantar a ver o mar, fazem com que o stress se atenue e consiga mesmo fazer uma paragem. E agora, deitar cedo e cedo erguer, que dá saúde e faz crescer.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro