A vitória do amor

A celebração de Domingo de Ramos aparece-nos como um pórtico onde se vislumbra já a Paixão de Cristo, antecipada pela sua entrada triunfal em Jerusalém. De facto, a narração da paixão lida numa celebração dominical introduz-nos como comunidade nos sentimentos de Jesus. Mas também os dos apóstolos. A narrativa começa logo por denunciar a traição de Judas, a negação de Pedro e o abandono e dispersão dos discípulos. Mas Jesus avança. Para a Cruz, para o Amor, para a vida nova que nasce do lado aberto. Como nos situamos diante da Paixão de Cristo tão actual nas paixões dos irmãos? Bom domingo!  

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

Oração para o início de um retiro

A vida de São Macário