Ensina-me, Senhor

Ensina-me, Senhor, o caminho da pobreza,
estreito e árduo da vida
mas único a trilhar.
Ensina-me a morrer para a aflição do ter,
a morrer para o orgulho e para o olhar alto,
a perceber que o silêncio é ouro
e, afinal, as palavras,
não passam de poeira levantada pelo vento de um dia quente.
Educa-me no gesto desprendido,
na frescura da humildade,
e no sorriso da gratuidade.
Mostra-me, Senhor, o caminho da virtude,
a ver a vida como dom
a vivê-la com simplicidade
a dá-la sem medida
para te poder ter como única e verdadeira riqueza.
Ensina-me, Senhor, o caminho da pobreza.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro