Portugal nas meias finais

(Confesso que me tinha prometido não falar sobre o tema euro 2012. No entanto, depois de ter recebido um mail com esta fotografia, decidi não continuar calado. Se é fervoroso patriótico, apoia o euro mais que tudoe tem o CR7 como ídolo, então não leia este texto.)
Portugal está nas meias finais. Que o diga esta imagem.
Pessoas que estão mais próximas de mim estranham o meu refilar contra o euro (o do desporto). Que pareço nem ser Português. Sim, não pareço. Nem europeu. Por mim nem havia europeu. Em tempos de crise andarmos a esbanjar dinheiro em circo, parece-me mais descontrolado que o tirar feriados ou dinheiro do bolso de quem trabalha. Mas claro, não tenho razão. Porque o Estado não patrocina a seleção. Temos ministro do desporto mas não financiamos desportos. A mim custa-me acreditar que o Estado não dá nem um cêntimo para o euro, mas não tenho conhecimento do processo das coisas. Os jornais (excluo os do desporto) dedicam, pelo menos, 10 páginas diárias ao tema (ontem contei-as eu). Não sei como estarão os noticiários, que não vejo mas, se a coisa não mudou muito também devem dedicar bastante tempo ao tema. Os comentadores futebolísticos parece que triplicaram. Até o "Vidente" da TVI já fala sobre o euro e gasta à vontade 5 minutos a explicar os lances do jogo e as previsões para o futuro. Tivéssemos nós gente tão entendida na política e na economia como temos no futebol e Portugal punha a Alemanha a um canto e entrava certamente no grupo G-20 (com a autoestima de alguns até entravamos no G-8). Na religião também se nota. Missas de domingo que coincidam com a hora do futebol? Esqueçam. No domingo passado bem me disseram: "hoje vai ter muita gente na sua missa. A seguir joga Portugal e vai estar menos gente". Fiquei para ver. Foi mesmo verdade!
Que a gasolina está cara? Onde? Depois de um golo marcado pela nossa patriótica seleção ou no fim do jogo lá se faz a procissão de carros pela cidade, com direito a buzinadelas e tudo.
No entanto uma coisa é certa: Portugal está mesmo nas meias finais. Mas, contra as insónias da crise temos o chá do euro, com sabor a CR7, para nos dar uma noite aparentemente sossegada e acordarmos a dizer: Viva Portugal que está nas meias finais!

(Já depois de escrever este post enviaram-me um mail com indicação e prova de que o orçamento de estado para 2012 atribuiu a "módica" quantia de 2.529.925,68 € para o euro)

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro