De quem sou próximo?

No evangelho deste Domingo, iremos escutar um belo ensinamento de Jesus sobre o próximo. No diálogo entre Jesus e o doutor da lei quem pergunta fica bem claro que a vida eterna não se conquista só com o amor a Deus. O amor ao próximo é também elemento decisivo para alcançar a felicidade eterna. E nós, tal como o doutor da lei, temos dificuldade em perceber quem é o nosso próximo: se são os que nos estão próximos, aqueles de quem gostamos ou ainda os destinatários das minhas esmolas. Mas Jesus, dá a volta a questão. Não se trata de saber quem é o meu próximo mas de quem é que eu sou próximo. O próximo não sou eu que o escolho. Será sempre todo aquele de quem eu me aproximar. 
Em tempo de dificuldades, não podemos esquecer a solicitude para com o próximo que, para nós, é Cristo, que agora tem fome e sede. Conseguiremos ver no próximo (pobres, injustiçados) o rosto de Cristo? Bom domingo!

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro