Já lá vão dois anos




Há dois anos, mais ou menos por esta hora, inciava este blogue. Nunca medi o alcance. O bom ou o mau destes espaços é que dizemos o que queremos e o que achamos e continuamos do lado de cá, sem que ninguém nos belisque. No painel do blogue, o seu criador tem acesso a dados que acho de justiça hoje revelar. Serão só dados estatísticos: os seguidores inscritos são 78 e de há dois anos a esta parte este blogue teve 35.162 visitas (as do administrador não contam). O público que o visita é maioritariamente do Brasil: uma saudação amiga! Depois vem Portugal, Espanha, Estados Unidos e Itália.
Quero, pois, neste dia e passado este tempo, agradecer aos que por aqui vão passado. Os porquês não sei, também não interessa, mas são um estímulo. E vou continuar. Assim o tempo e a vida mo permita.


Para celebrar este segundo aniversário aqui deixo uns retalhos do dia de hoje. Esta manhã batizei uma menina nigeriana. O batismo foi de "urgência": nasceu no dia 17 e com problemas. De modo que, numa cerimónia restrita, lá a batizei com nomes cristãos: Angel Fa'tima (Fátima na Nigéria escreve-se mesmo assim!). Como o meu inglês é quase perfeito, decidi fazer umas cópias em inglês para que os pais seguissem a celebração e respondessem em inglês, a única língua possível para nos percebermos, enquanto eu, na língua lusa, lá ia seguindo o ritual. Excepção feita para o momento do batismo em que usei, por delicadeza, o inglês: "Angel Fa'tima, i baptise you in the Name of the Father, and of the Son, an of de Holy Spirit". A menina dormiu sempre e os pais estavam emocionados.


O desenho que hoje ilustra este post foi feito, hoje, pelo Francisco. O Francisco é um menino de quatro anos, creio, que passa o tempo da missa do Campo Grande a desenhar, excepto quando interrompe para ir cumprir a sua tarefa de ir fazer a recolha de ofertas, ou quando chamo as crianças ao altar. Hoje, no fim da Missa, mostrou-me o original e esta cópia que me ofereceu. Se tiverem curiosidade em ver o desenho original poderão fazer uma pesquisa bastando escrever "Divina Misericórdia" e ver as imagens que aparecem. O Francisco tem jeito para o desenho. Eu não faria melhor.

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro