Ele dorme, eu velo

Silêncio.
Ele dorme, eu velo.

Já passou a euforia,
já cantámos os louvores,
já todos dormem,
eu velo.

O silêncio fala,
a noite é dia,
anda o sono alterado,
e eu também
porque velo.

E vejo o Menino
que dorme descansado;
a Mãe contempla,
o pai reza,
e eu velo.

Até quando?
Até que adormeça com ele.
Até lá... vou velando.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

Oração para o início de um retiro

A fecundidade do casal