Música sacra popular

A tarde de ontem foi de recolha de "versos antigos que não vêm nos livros". Ao longo destes dias, na Missa, elas foram cantando estes cânticos que, apesar do sentimento extremo da letra e da música, não deixam de nos tocar pela sua simplicidade.
Cânticos aprendidos de cor, lá pelos anos sessenta, pelo sr. Padre Filipe ou pelo sr. Padre Acácio. As letras ficavam escritas na memória e não desapareceram, lá estão, bem conservados.
Aqui deixo um dos cânticos. Talvez não se consiga perceber muito bem a letra - é a pronúncia cerrada da serra - mas aqui ficam estas vozes, não tratadas, puras, como o ar que aqui se respira e límpidas, como a água que se bebe.

video

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro