A melhor vista sobre o Vaticano

Conta-se que, numa visita que o Papa João XXIII fez a este convento de Santa Sabina, levaram-no a uma parte do Convento, chamada Belvedere, que é um terraço elevado (miradouro, neste caso miratevere), com uma vista soberba sobre Roma e sobre a cúpula do Vaticano. O Papa, ao ver a cidade e apontando para a cúpula de São Pedro exclamou: "Esta é a melhor vista sobre o Vaticano. E isto é infalível!"
Esta história conta-se em Lisboa, em Paris, onde quer que seja, sempre que se fala de Santa Sabina. Ontem, ao jantar, voltou a contar-se esta história. E, no final, disse um frade inglês: pena que no vaticano se tenha perdido o sentido de humor. Gargalhada geral.
Esta é, de fato, uma das mais belas vistas sobre a cidade de Roma. Aqui ao lado, pela fechadura do portão da Ordem de Malta, pode ver-se com um binóculo lá instalado, a cúpula de São Pedro. Mas aqui é diferente: vê-se grande parte da cidade: em frente o Vaticano, à direita o monumento a Vitor Emanuel, à esquerda Trastevere e, em baixo o rio Tibre, com as suas várias pontes.
É neste terraço, portanto, que, por vezes, à noite, se vem falar ou beber um copo de limoncello. E é lá também, que os frades se reunem aos domingos e dias de festa, antes do almoço, para um aperitivo. Hoje é um dia destes. Na sala comum estava afixado o convite: dia de festa por causa dos irmãos que fizeram anos durante este mês, e despedida do Sócio do Mestre da Ordem para a África, que acabou funções (ontem foi lida a carta de assignação do novo Sócio).

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro