Sinais de Advento


Já sinto o sabor do Advento.
Ele aí vem, com a mesma esperança de sempre,
apesar do roxo que o veste.

Já oiço a voz dos profetas
que chama ao caminho da verdade
e da verdadeira conversão.

Já vejo a aurora que vem depois do entardecer
trazer a frescura do novo dia,
sinal daquele que não há-de ter fim.

Já sonho com os tempos definitivos
em que não se ouve falar de guerras
nem de desgraças
causadas por mão mãos humanas
tantas vezes carregadas de injustiça
e de desamor.

Já espero o sim da Mãe de Deus,
que é também o meu,
que consente a vinda
do desejado dos nossos corações.

Curvo-me como a planta que espera a nova madrugada
para se abrir com novo vigor
ao Deus connosco
o Emanuel.

(imagem: Salvador Dali, Será chamado profeta do Altíssimo)

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro