Coisas de monges

A propósito de dois livros que comprei hoje, por causa de uns vales que estavam a expirar, e não me querendo armar em Professor Marcelo, apresento os livros que ainda não li mas que me interessam e dos seus contextos:
1. Christophe Lebreton, monge, mártir e mestre espiritual para os nossos dias. Este nome não nos dirá muito mas quem viu o filme "dos homens e dos deuses" sabe quem é. Não é o superior da Comunidade de Tibhirine mas o mais novo, de barba, sorridente. Já tinha ouvido falar do diário espiritual do superior da comunidade, o P. Christian, mas as Edições Consolata fizeram sair agora uma biografia deste outro monge, que também tinha um pequeno diário. A biografia é feita pelo bispo que o ordenou, Dom Henri Teissier. É um livro pequeno, mas creio que valerá a pena porque nos levará para além do filme.
2. Deus, Dinheiro e Consumismo, diálogo entre um monge e um gestor. Livro interessante e actual. Diálogos entre o grande Anselm Grün e um não menos grande Jochen Zeit (mesmo que andemos com alergia aos produtos alemães), estes dois homens dialogam sobre temas que os cristãos empenhados por um mundo melhor também se interessam. Conheço mais, de ler, Anselm Grün, um "monge pastoral", quer dizer, faz a ligação entre o mosteiro e o mundo, considerado um dos granes mestres espirituais contemporâneos.
São vidas, pelas vidas exemplos, e pelos exemplos conforto para tempos difíceis, no que diz respeito a Deus, ao dinheiro e à consciência, mas também ao testemunho. Estes dois monges e o seu contexto não nos tiram do mundo mas, ao contrário, ajudam-nos a ver o mundo com os olhos de Deus.
(fotografia do P. Christophe Lebreton, monge da comunidade de Tibhirine)

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro