O meu santo protector


Calhou-me como santo protector para 2013 o dominicano português, São Gonçalo de Amarante. E hoje é a sua festa. Aqui deixo uma pequena biografia sobre ele.
No dia 1, quando comentava com uma Irmã, que também lhe tinha calhado o mesmo Santo (vai ter muito trabalho connosco!), dizia-lhe: Irmã... fazer pontes! Ao que ela respondeu: Isso é que é mais difícil. Às vezes deitam-nas abaixo. Tive de lhe dar razão.
Aqui fica, então uma pequena biografia de um grande santo português, Gonçalo de Amarante. E, se lhe calhou São Gonçalo, ou lhe tem devoção, não esqueça: honre-o. Faça pontes.
"Nasceu em Tagilde, perto de Guimarães, Portugal. Não são conhecidas com precisão as datas da sua vida. Pertenceu ao clero secular, tendo sido pároco. Depois peregrinou 14 anos para visitar os lugares santos, quer da Palestina quer de Roma. Ao regressar à sua paróquia, tendo sido recebido com ameaças e perseguições, optou por uma vida eremítica. Entrou mais tarde na Ordem dos Pregadores e, após ter acabado o tempo da sua formação na Ordem, obteve licença para voltar a Amarante, ao anterior lugar solitário, na companhia de outro irmão. Aí, até ao fim da vida, repartiu o tempo entre a contemplação das coisas divinas e a evangelização daquela zona, levando uma vida de grande ascese. Morreu em Amarante, em 1259. Clemente X permitiu, em 10 de Julho de 1671, que se rezasse a sua Missa e o seu Ofício".

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro