O Baptismo de Jesus






Diante do Baptismo de Jesus ficamos sem saber quem teve o gesto profético: se João, ao baptizar Jesus ou Jesus, ao deixar-se baptizar por João. Mas não deixa de ser comovente a humildade dos dois: o profeta que baptiza o Messias e o Santo que se junta ao grupo dos pecadores. Jesus, ao descer às margens do Jordão, indica-nos um caminho de humildade, difícil, mas necessário, como se um desfiladeiro fosse: descer, sem medo nem hesitações. Para nos encontrarmos connosco próprios e encontrarmo-nos com Jesus, que santificou as águas que nos purificam e dão vida nova. Depois, subiremos com ele, de mãos dadas, e túnicas novas, não já pelo desfiladeiro do pecado mas pelos caminhos luminosos do amor.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro