O arrependimento

O evangelho da liturgia deste domingo leva-nos, uma vez mais, a um episódio da vida de Jesus cheio de emoção: é convidado a um jantar em casa de um fariseu e, entretanto, uma pecadora aproxima-se e lava os pés de Jesus com as suas lágrimas e unge-os com perfume.
O que o fariseu estranha é que Jesus não se tenha dado conta que uma pecadora o tenha tocado. Mas, sim, Jesus deu-se conta e não se importou. Nunca se importa com os nossos rótulos porque a misericórdia é maior que a miséria. Neste episódio temos também nós um lugar: seremos como esta mulher que manifesta arrependimento ou como o fariseu que só vê o mal do outro? Bom domingo.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A vida de São Macário

Oração para o início de um retiro