Silêncio, oração e tranquilidade


Estávamos os três na capela: uma irmã meditava, outra lia e eu passava as contas do Terço. Num silêncio tranquilizante, convidativo à oração.
E ali estávamos, esperando a hora da Missa. Que silêncio, que calma, que luz!
Tudo isto com duas boas notícias, que hoje recebi em menos de uma hora. Não me dizem respeito a mim, mas, fico contente porque a espera estava a desesperar. É tempo de dar graças a Deus pelos bens que nos concede (Benedictus sit Deus in donis suis), dizíamos nós quando recebíamos alguma coisa de alguém. Bendito seja Deus por tudo o que nos concede, muitas vezes sem merecermos. Como dizia Santa Catarina de Sena: "A misericórdia divina é maior que a nossa maldade".

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

A fecundidade do casal

Oração para o início de um retiro