Santo protector


Desde pequeno que, cada Dia de Bom Ano, expressão que a minha avó usava para o dia de ano novo, recebíamos na igreja o santo protector. Um costume antigo que também faz parte das tradições dominicanas. Também agora, cada Dia de Bom Ano, oferecemos às pessoas que vêm cá à Missa, uma pagela com o santo protector da Ordem Dominicana. A mim calhou-me São Martinho de Porres.
Para que é que serve um santo protector? Antes de mais para seguirmos as suas virtudes e exemplos; depois pedirmos a sua intercessão; finalmente tê-lo como amigo, companheiro de viagem, para o ano que começa.

Mensagens populares deste blogue

Fátima descaracterizada

Oração para o início de um retiro

A fecundidade do casal