Último sol de Feirão

Cheguei a Lisboa. Hoje de manhã, antes de sair, tirei esta fotografia ao nascer do sol em Feirão. Em Junho e Julho ele nasce mesmo por detrás do Penedo Gordo; agora que os dias começam a decrescer, ele nasce mais de lado. A aldeia ainda vivia a penumbra da noite e, por cima do rio, a névoa típica destes dias.  Adeus Feirão e, se não for antes, até para o ano, se Deus quiser.

Mensagens populares deste blogue

A vida de São Macário

São Bruno

Oração para o início de um retiro